Cuba #1 – Havana

Decidimos fazer o nosso próprio tour, sem guia. Definimos previamente o que pretendíamos visitar, percurso e lá fomos nós. Ficámos alojados no Hotel Tryp Habana Libre… cheio de história e impressionante: com uma vista maravilhosa sobre a cidade. E durante 2 dias corremos as ruas de Havana, maioritariamente a pé… viver a cidade.

É uma cidade única rica em cultura e vida. Os monumentos, os carros icónicos… apesar de os carros já não serem somente os clássicos da década de 50 que nos habituamos a ter como referência. Toda a cidade está em grande renovação e as pessoas são felizes, animadas e complacentes. O calor põe-nos à prova… são várias as pessoas que circulam nas ruas com sombrinhas para se protegerem do sol e o modo de vestir é “característico”.

Infelizmente, senti que estava a ficar demasiado virada para o turismo. A “propina” (gorjeta) é pedida por quase tudo: desde a senhora que está à entrada da casa de banho, até qualquer coisa que nos façam na rua. Por vezes tive a sensação da simpatia não ser genuína, mas à procura de gorjeta. O que me deixou um pouco triste. Os taxistas… há que negociar com eles antes de entrar no taxi. Temos 2 tipos de taxi: os oficiais (Amarelos) e os não oficiais. Os oficiais são um pouco mais baratos 😉

Os museus fecham normalmente ao Domingo à tarde e à segunda, o que pode ser um ponto importante a ter em conta quando se visita a cidade.

Vale mesmo a pena corre-la a pé… beber um Mojito na “La bodeguita” e um Daiquiri na “El floridita. Visitar o Museu do Rum, a “Taller experimental de Grafica”… Mas por muito que se descreva, não há como vive-la.
Dêem uma olhadela:

Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
http://casualcuidado.com/cuba-havana/
Pinterest

No Comments

Leave a Comment

Enjoy this blog? Please spread the word :)